A campanha ECOPRAIAS ”Vamos Reciclar à Beira-Mar”, promovida pela Amarsul, concessionária da EGF, recolheu durante o verão de 2019 um total de 165 toneladas de resíduos para reciclagem. A campanha decorreu entre 22 de junho e 15 de setembro de 2019 em 33 praias dos municípios de Almada, Sesimbra e Setúbal.

 

Foram desenvolvidas dois tipos de ação que contaram com: 74 Ações de Sensibilização dedicadas à população, com recolha de embalagens com “mochileiros” nas praias em 14 fins de semana e 56 Ações de Sensibilização para colónias dirigidas a crianças durante a semana, realizadas nos meses de junho e julho. No total realizaram-se 148 ações de sensibilização, com 6 equipas, 14 monitores e 12 mochilas.

 

Os monitores contactaram com mais de 400 entidades que organizam colónias de férias; tendo sido sensibilizadas 91.400 pessoas, das quais 22.700 crianças. Entre os equipamentos utilizados contabilizaram-se 420 contentores de 120l, 40 estruturas triplas metálicas e 30 ecopontos disponíveis à saída de cada praia, onde foram depositadas as embalagens usadas.

 

Em paralelo, foram dinamizadas ações de limpeza de praia pelos monitores da Amarsul, através das “chilas”- mochilas recicladas utilizadas para sensibilização ambiental. Este equipamento foi produzido na totalidade com reaproveitamento de outros materiais como: cordas de nylon, recolhidas em limpezas de praias e zonas costeiras, e recipientes translúcidos, outrora barris de cerveja, convertidos em mochilas com uma capacidade de 20 litros. Sendo translúcidas, as mochilas causaram um grande impacto visual motivando os participantes e atraindo vários curiosos. Nesta atividade foram abordados conceitos de economia circular, “upcycling” e reciclagem.

 

Esta campanha envolveu sensibilização, recolha, triagem e valorização de resíduos. A análise de desempenho foi monitorizada através dos dados apurados nos diferentes circuitos de recolha, que foram registados manualmente em PDA’s pelas equipas que recolheram os ecopontos disponibilizados. Após chegarem ao Ecoparque do Seixal, as embalagens foram pesadas numa báscula, que gerou talões associados à campanha, que permitiram acompanhar a performance. De seguida, as embalagens recolhidas foram encaminhadas para a Central de Triagem, para serem triadas, em que se mediu o nível de contaminação. 

 

As primeiras praias sensibilizadas foram: Praias de Lorosae e Morena (Almada), Ouro (Sesimbra) e Figueirinha (Setúbal).

 

Os concessionários que exploram as praias, também foram incentivados a adotar boas práticas de separação de resíduos, potenciando a utilização de equipamentos já existentes.