Novos calendários recolha pap 30 de dezembro de 2020

No âmbito do serviço de recolha seletiva porta a porta da Amarsul que visa o correto encaminhamento dos resíduos de embalagem de plástico/metal e papel/cartão para reciclagem, informamos que iremos enviar a partir de 4 de janeiro, por correio, a todos os Munícipes aderentes a este serviço, os novos calendários de Recolha de Resíduos Recicláveis para 2021.


Caso resida numa das áreas abrangidas nos Municípios de Almada, Palmela, Seixal e Sesimbra, já é possível visualizar o calendário da sua área de residência, consultando o site da Amarsul em https://www.amarsul.pt/cliente/recolha-domestica/, bastando procurar pelo nome da zona.
Para que todos continuem a participar neste projeto, solicitamos que verifiquem se os dias de recolha se mantêm, dado que para otimização da recolha, em algumas áreas deste projeto, os dias de recolha foram alterados.


A Amarsul encontra-se disponível para esclarecer todas as dúvidas, através do número gratuito: 800 205 674 ou através do email geral@amarsul.pt.
A implementação deste serviço de recolha, que abrange cerca de 24.000 habitantes aos quais foram entregues 48.000 contentores gratuitamente, permite facilitar a separação dos resíduos recicláveis.
Uma vez mais, agradecemos o contributo de todos em prol da reciclagem e da promoção de um melhor ambiente nos Municípios.


É muito importante para a Amarsul continuar a aumentar as quantidades de resíduos recicláveis recolhidos seletivamente em todos os Municípios da região, com o apoio da população, para conjuntamente continuarmos a superar as metas nacionais.


A Amarsul deseja a todos os Cidadãos, Municípios, Parceiros e Trabalhadores da Amarsul e suas famílias, Boas Festas e um Mais Feliz 2021.

Novos calendários recolha pap 30 de dezembro de 2020

No âmbito do serviço de recolha seletiva porta a porta da Amarsul que visa o correto encaminhamento dos resíduos de embalagem de plástico/metal e papel/cartão para reciclagem, informamos que iremos enviar a partir de 4 de janeiro, por correio, a todos os Munícipes aderentes a este serviço, os novos calendários de Recolha de Resíduos Recicláveis para 2021.


Caso resida numa das áreas abrangidas nos Municípios de Almada, Palmela, Seixal e Sesimbra, já é possível visualizar o calendário da sua área de residência, consultando o site da Amarsul em https://www.amarsul.pt/cliente/recolha-domestica/, bastando procurar pelo nome da zona.
Para que todos continuem a participar neste projeto, solicitamos que verifiquem se os dias de recolha se mantêm, dado que para otimização da recolha, em algumas áreas deste projeto, os dias de recolha foram alterados.


A Amarsul encontra-se disponível para esclarecer todas as dúvidas, através do número gratuito: 800 205 674 ou através do email geral@amarsul.pt.
A implementação deste serviço de recolha, que abrange cerca de 24.000 habitantes aos quais foram entregues 48.000 contentores gratuitamente, permite facilitar a separação dos resíduos recicláveis.
Uma vez mais, agradecemos o contributo de todos em prol da reciclagem e da promoção de um melhor ambiente nos Municípios.


É muito importante para a Amarsul continuar a aumentar as quantidades de resíduos recicláveis recolhidos seletivamente em todos os Municípios da região, com o apoio da população, para conjuntamente continuarmos a superar as metas nacionais.


A Amarsul deseja a todos os Cidadãos, Municípios, Parceiros e Trabalhadores da Amarsul e suas famílias, Boas Festas e um Mais Feliz 2021.

CELEBRAMOS DEPOIS RECICLAMOS 23 DEZEMBRO 2020

Nesta quadra festiva que se avizinha a Amarsul lança campanha lembrando: “Primeiro celebramos, depois reciclamos!” 

 

Neste Natal, separe e coloque todas as suas embalagens no ecoponto, para que a Amarsul valorize os resíduos e contribua para a melhoria da qualidade de vida da população que servimos, assegurando que todos os resíduos produzidos são utilizados como recursos e são encaminhados para o destino mais adequado.

 

O empenho da população tem tido um papel fundamental, ao separar e depositar corretamente os seus resíduos, estimando-se que até ao final de 2020 cada munícipe, tenha separado cerca de 48kg de recicláveis, um valor acima da meta de 45 Kg/habitante/ano estabelecida no Plano Estratégico para os Resíduos Urbanos.

 

O desempenho da Península de Setúbal desenvolvido este ano foi bom, mas ainda temos muito trabalho pela frente a fazer na região.

 

As caracterizações dos resíduos rececionados nas instalações da Amarsul evidenciam que apenas 47% das embalagens de vidro, 26% das embalagens de plástico/metal e 56% embalagens de papel/cartão produzidas na região, é que são colocadas nos ecopontos.  No total, apenas 40% de recicláveis multifluxo, é que são depositados nos ecopontos.

 

Nesta campanha a Amarsul, divulga estes dados e apela para que se coloquem todas as embalagens recicláveis no ecoponto, uma vez que nem todas são depositados no sítio certo, muitas estão a ser colocadas diretamente no contentor dos resíduos indiferenciados (lixo comum). Esses resíduos são recolhidos pelos municípios e têm como destino final, o aterro.

 

Lembramos que todos podemos fazer mais e melhor pelo nosso Planeta.

 

A Amarsul deseja a todos os Cidadãos, Municípios, Parceiros e Trabalhadores da Amarsul e suas famílias, Boas Festas e um Mais Feliz 2021.

Grupo EGF premiado pela APCE 17 DEZEMBRO 2020

O Grupo EGF sagrou-se vencedor do Grande Prémio APCE 2020: Edição COVID-19, ex aequo com os CTT, na categoria “Campanha Integrada – Serviços (Setor Terciário)” com a campanha #PREVENIRCOVID19.

 

A campanha, lançada em Março deste ano, sensibilizou a população a ficar em casa com o objetivo de prevenir a propagação da pandemia por COVID-19, com mensagens e ilustrações simples que evidenciaram as regras mais importantes a ter em conta quando cuidamos dos nossos resíduos em plena fase de pandemia e com uma persistência que alcançou milhares de pessoas em todo o país.

 

 

Esta campanha já ganhou este ano o 2.º prémio de comunicação da ISWA – International Solid Waste Association e obteve uma menção honrosa na mesma categoria nos prémios da APEE – Associação Portuguesa de Ética Empresarial.


Com o mote “nós estamos a trabalhar por si, fique em casa por nós”, a campanha mostrou trabalhadores das concessionárias da EGF que todos os dias trabalharam incansavelmente para garantir um serviço que não pode parar – a recolha, tratamento e gestão de resíduos.


A campanha contou com a colaboração de toda a equipa de Comunicação da EGF, trabalhadores da EGF, da agência Wiz Interactive, Deslink e World IT. Parabéns a todos os envolvidos e à população que continua a reciclar tudo, sempre e em todo lado!

 

Conheça a campanha pioneira em: https://www.egf.pt/pt/media/covid-19/ ou em todas as redes sociais da EGF procurando pela hashtag #PREVENIRCOVID19. Veja abaixo o momento da vitória do Grupo (15:04 min) e todas as campanhas vencedoras dos prémios de comunicação.

 

Campanha Inclusiva 29 OUTUBRO 2020

“Não é só uma campanha, é um movimento coletivo e inclusivo” – este é o mote que levou a EGF e as suas 11 concessionárias - Algar, Amarsul, Ersuc, Resiestrela, Resinorte, Resulima, Suldouro, Valorlis, Valorminho, Valnor e Valorsul - a desenvolver um movimento de mudança de comportamentos ambientais.


Concessionárias EGF reorganizam mais de 78.300 ecopontos por todo o país para promover a inclusão e aumentar a reciclagem

 


Entre as várias ações planeadas está a reorganização dos ecopontos, por forma a promover a reciclagem junto dos cidadãos com limitações. Os mais de 78.300 ecopontos de Norte a Sul do país terão uma nova ordem - Azul, Verde e Amarelo, ajudando assim todos aqueles que tiverem limitações visuais. Esta ação deverá estar concluída em fevereiro de 2021.

 

A solução é simples, basta ordenar os contentores dos ecopontos sempre da mesma forma, da esquerda para a direita – azul, verde e amarelo. Desta forma os cidadãos cegos ou com limitações visuais saberão sempre qual o contentor para cada tipo de material.

 

“Com esta ação, não só queremos ter mais cidadãos a reciclar, como queremos que reciclem melhor e para isso temos de ser cada vez mais inclusivos. A campanha - O Futuro do Planeta Não é Reciclável - é mais do que um filme publicitário, este é o maior movimento de sensibilização que alguma vez foi feito, porque juntos poderemos ser o motor de uma mudança necessária e urgente”, afirmou Emídio Pinheiro, Presidente do Conselho de Administração da EGF.

 

As concessionárias do Grupo EGF já arrancaram com este projeto, nas suas áreas de atuação, prevendo concluir a ação daqui a quatro meses. Em simultâneo, a EGF convidou todos os sistemas de tratamento e valorização de resíduos, câmaras municipais e organizações, a adotar o mesmo procedimento, para que seja possível uniformizar esta prática em todo o país.

 

AUDIODESCRIÇÃO

Para além da ordenação dos ecopontos, também o código da reciclagem presente em vários suportes informativos, passa a estar disponível em audiodescrição. Se por um lado a sinalética já tinha os símbolos colorADD (que apoia a identificação das cores pelos daltónicos), também agora os cidadãos cegos ou com dificuldades de visão podem ouvir estas regras disponíveis no website da EGF ou ouvir o anúncio da campanha neste formato.

 

OUTRAS INICIATIVAS

A estas iniciativas, acresce a legendagem de todos os filmes divulgados, entre os quais o anúncio de TV, o que permite à comunidade surda o seu entendimento, e alguns conteúdos apresentados por colaboradores da empresam cuja limitação física e/ou psicológica não foram limitações de participação.


Lançada este mês pela EGF e pelas 11 concessionárias, grupo líder no tratamento e valorização de resíduos em Portugal, esta é a maior campanha de sensibilização ambiental alguma vez desenvolvida em Portugal com fundos europeus e tem um investimento de cerca de um milhão de euros.


Mais informações sobre a campanha em: www.egf.pt/o-futuro-do-planeta-nao-e-reciclavel/

Mais informações sobre os conteúdos inclusivos: https://www.egf.pt/o-futuro-do-planeta-nao-e-reciclavel/campanha-inclusiva/

Golfinho by Xico Gaivota 21 OUTUBRO 2020

O artista plástico Xico Gaivota juntou-se ao movimento “O Futuro do Planeta não é Reciclável” e criou uma escultura de um golfinho, a partir de lixo marinho, por ser uma das espécies marinhas mais icónicas, despertando assim a atenção de ainda mais portugueses para a reciclagem.

 

 

 

A peça pode ser visitada, de forma gratuita, na Loja Capital Verde Europeia 2020, na Praça do Município, em Lisboa, de 2ª a 6ª feira, entre as 9h e as 18h, até dia 31 de dezembro. Após esta data, a peça entrará em digressão por vários espaços em todo o país.

 

 

“Foi com muito orgulho que aceitei o convite para fazer esta peça no âmbito da campanha "O Futuro do Planeta Não é Reciclável". O objetivo é fazer-nos pensar nos nossos comportamento enquanto habitantes deste planeta”, refere Xico Gaivota.

 

Com aproximadamente 2,5 m de altura e cerca de 150 kg, esta obra foi desenvolvida exclusivamente com fragmentos de lixo não manipulados e sem o uso de quaisquer colas ou tintas durante a sua produção. Todos os materiais que o artista usa nas suas peças são recolhidos pelo próprio em praias não concessionadas da costa portuguesa.

 


Xico Gaivota é habitualmente reconhecido pelas suas intervenções para a consciencialização e sensibilização global sobre o lixo existente no mar. Há vários anos que percorre quilómetros pelas praias nacionais, de norte a sul, recolhendo plásticos e outros materiais que se tornam na matéria-prima para as suas criações originais, onde a temática dos animais marinhos é constante.

 

A obra desenvolvida integra assim a campanha “O Futuro do Planeta não é Reciclável, que mostra o que acontece aos resíduos depois de separados nos ecopontos e tem como objetivo provocar a consciência dos portugueses, levando-os a adotarem comportamentos ambientais adequados, no sentido de proteger o planeta. O processo é simples: reduzir, reutilizar e reciclar.

 

Lançada este mês pelas concessionárias EGF - Algar, Amarsul, Ersuc, Resiestrela, Resinorte, Resulima, Suldouro, Valorlis, Valorminho, Valnor e Valorsul -, grupo líder no tratamento e valorização de resíduos em Portugal, esta é a maior campanha de sensibilização ambiental alguma vez desenvolvida em Portugal com fundos europeus e tem um investimento de cerca de um milhão de euros.

 

Veja aqui o making of de criação da peça:

 

 


Mais informações sobre o artista em: www.xicogaivota.com

Mais informações sobre a campanha em: www.egf.pt/o-futuro-do-planeta-nao-e-reciclavel/

 

Ficha Técnica

Peça: Golfinho a Saltar Fora de Água

Horário: 2ª a 6ª feira, das 09:00 às 18:00h

Local: Praça do Município, 
Loja Capital Verde Europeia 2020, Lisboa

Data: Até 31 de dezembro de 2020

Campanha Nacional está ON! 07 de outubro de 2020

As concessionárias EGF, grupo líder no tratamento e valorização de resíduos em Portugal, lançam, esta quarta-feira, a maior campanha de sensibilização ambiental alguma vez desenvolvida em Portugal com fundos europeus. Com um investimento de mais de um milhão de euros, o movimento O Futuro do Planeta não é Reciclável, apela à prevenção, reutilização e reciclagem de resíduos urbanos. O filme publicitário conta com a realização de Rúben Alves, autor do aclamado filme “A Gaiola Dourada”.

 

O objetivo desta campanha é de levar o cidadão à ação e a fazer parte de um movimento coletivo, através da adoção de comportamentos ambientais adequados na sua gestão diária e ao assumir o seu papel de gestor de recursos, numa cadeia de valor da qual fazem parte a EGF e as suas concessionárias.

 

“Esta é uma campanha muito importante para o grupo EGF. Contámos com o envolvimento de todas as concessionárias, colaboradores e parceiros, para criarmos, em conjunto, um movimento ambiental coletivo que vai fazer a diferença”, sublinhou Emídio Pinheiro, Presidente do Conselho de Administração da EGF.

 

Esta campanha integra a candidatura Comunicação Ambiental Estratégica, apresentada pelas concessionárias EGF e aprovada pelo POSEUR para o período 2016-2020 com um cofinanciamento de 85%. Para a sua concretização foi realizado um concurso público com publicidade internacional, tendo sido concretizada a adjudicação pelo valor de 1.061.732€.

 

A apresentação da campanha será feita, hoje de manhã, no teatro Thalia, em Lisboa, numa cerimónia pública que conta com a participação da Secretária de Estado do Ambiente e da Ação Climática, Inês dos Santos Costa.

 

UMA CAMPANHA QUE PRETENDE PROVOCAR CONSCIÊNCIAS

O filme publicitário, da autoria do realizador Rúben Alves, que realizou o filme “Gaiola Dourada”, é muito cinematográfico e tem como objetivo provocar consciências e levar à mudança necessária de comportamentos. Este spot mostra o que acontece aos resíduos depois de separados nos ecopontos e dá rosto e voz aos milhares de trabalhadores deste setor de atividade. Além disso, é ainda realçado o papel dos municípios e organizações, que são convidados a promover esta campanha nas suas regiões.

 

Também a atriz Ana Varela, o humorista, António Raminhos, o cantor Toy e artista urbano Xico Gaivota vão ajudar a dar voz a este movimento, através de várias ações nas redes sociais e na criação de uma instalação para celebrar o movimento. Serão também promovidos eventos e participações regionais, bem como ações de educação ambiental no terreno, como o Programa Ecovalor e o Recycle Bingo.

 

A campanha publicitária multimeios, cuja criatividade esteve a cargo da Tux & Gill, vai estar presente em vários suportes nacionais e regionais - imprensa, rádio, outdoors e televisão-, destacando-se as ações integradas nos programas The Voice Portugal, Big Brother e Manhãs da Rádio Comercial.

 

Destacam-se ainda os cuidados especiais de inclusão e diversidade aplicados nesta campanha, entre os quais, a legendagem dos filmes, a implementação de regras na ordenação dos contentores (azul, verde e amarelo) para invisuais e a criação de uma tatuagem com aplicação dos símbolos ColorADD).

Projeto piloto em Palmela 06 de outubro de 2020

 

A Amarsul em parceria com a Câmara Municipal de Palmela, arrancou hoje com a segunda fase do projeto de recolha porta a porta de resíduos indiferenciados, bem como de papel/cartão e embalagens. Esta segunda fase abrange cerca de 600 moradias localizadas no Bairro Padre Nabeto em Aires e na Urbanização Portais da Arrábida em Quinta do Anjo.

 

Esta nova fase inicia-se com a sensibilização, entrega de contentores e informação relativa aos calendários de recolha. Esta forma de recolha de resíduos apresenta vantagens para a população, que não terá de se deslocar, e para o espaço público, pela remoção dos contentores comunitários da via pública

 

Os resultados deste projeto piloto permitirão avaliar a operação de recolha e a pertinência do alargamento gradual a outros núcleos do Município de Palmela.

 

 

 

A implementação destes projetos é mais um passo importante para a Amarsul continuar a aumentar as quantidades de resíduos recicláveis recolhidos seletivamente em todos os Municípios da região, com o apoio da população, para conjuntamente continuarmos a superar as metas nacionais.

 

Modernização da CTA 07 de agosto de 2020

Na sequência dos investimentos realizados pela Amarsul nos últimos dois anos, em viaturas e contentorização, o primeiro semestre de 2020, apresentou um aumento significativo de recicláveis recolhidos seletivamente. Chegou agora o momento de assegurar o consequente aumento de capacidade de processamento da Central de Triagem Automática, do Ecoparque do Seixal, unidade que se destina à separação de embalagens de plástico e metal (vulgo, contentor amarelo), que os cidadãos  depositam nos ecopontos.

 

A 1ª fase da Modernização e Ampliação da Central de Triagem Automática da Amarsul teve início em julho, estando prevista a sua conclusão para o mês de agosto de 2020, considerando um investimento de cerca de 1 milhão de euros integrado na estratégia da Amarsul relativamente à promoção da reciclagem multimaterial.

 

A Central de Triagem Automática terá uma nova linha com equipamentos que permitirão passar o processamento de 4 ton/h para 6 ton/h de material. Para tal, encontra-se a decorrer a substituição de alguns equipamentos críticos que vão permitir o incremento dos materiais recicláveis retomados e o cumprimento das metas de retoma com origem na recolha seletiva, bem como a meta de preparação para a reutilização e reciclagem fixadas para a Amarsul. 

 

Com este projeto, pretende-se dotar esta unidade de processamento de resíduos de embalagem, de uma capacidade de processamento passível de encaixar o incremento de recolha seletiva perspetivado para o horizonte do Plano Estratégico para os Resíduos Urbanos (PERSU 2020) que estabelece as metas nacionais para a recolha seletiva de resíduos. A meta da Amarsul é de 45kg/habitante/ano, sendo que, até junho de 2020, já foram recolhidos pela empresa, resíduos recicláveis equivalentes a 52kg/habitante/ano.

 

A  Amarsul encontra-se em linha com os seus valores incontornáveis, sendo uma empresa de excelência, que procura mais e melhor, procurando alargar novos horizontes de atuação, na vanguarda tecnológica e de gestão, prestando um serviço de qualidade para os Munícipes da região.

ECOVALOR | 153 toneladas 05 de agosto de 2020

A Amarsul dinamizou no ano letivo de 2019/2020  - a 2ª edição do programa ECOVALOR que conta com os  concursos “Separa e Ganha no Azul e no Amarelo” e que tem como objetivo a promoção da correta separação de resíduos recicláveis nos estabelecimentos de ensino, bem como criar hábitos de reciclagem junto da comunidade escolar.

 

Contamos  com a participação de  86 estabelecimentos de ensino inscritos, alcançando um universo de 61.500 alunos participantes. Com este programa, garantimos que os resíduos recicláveis recolhidos voltam ao ciclo de produção e transformam-se em matéria prima e, simultaneamente, as escolas são premiadas pelo seu bom desempenho ambiental.

 

O concurso decorreu entre outubro de 2019 e junho de 2020. Durante esse período, as escolas participantes separaram e encaminharam para reciclagem 46.566 kg de embalagens de plástico e metal e 106.806 kg de papel e cartão, ainda que esta edição tenha durado menos 2 meses que o habitual, devido ao encerramento antecipado das escolas resultante da pandemia do COVID-19. Contudo o empenho demonstrado pelos estabelecimentos de ensino, permitiu aumentar as quantidades separadas em 153.372 Kg, pelo que toda a comunidade escolar está de Parabéns!

 

Pelo excelente desempenho, a Amarsul irá atribuir 60 prémios aos estabelecimentos de ensino que conseguiram atingir o mínimo de 70 sacos de embalagens de plástico/metal e/ou 1 tonelada de papel/cartão durante o ano letivo 2019/2020.

 

Este tipo de concurso integra a oferta de educação ambiental da Amarsul - o Programa Ecovalor - que inclui ainda visitas às instalações, disponibilização de materiais informativos sobre a reciclagem e ações de sensibilização internas e externas, que chegaram a mais de 4.700 participantes.

 

No âmbito do projeto, a Amarsul disponibilizou equipamentos para a deposição seletiva, nomeadamente, ecobags para as salas de aula, suportes metálicos e sacos para as zonas exteriores do recinto escolar, bem como formação à comunidade escolar. Dado o sucesso desta 2ª edição do concurso ‘Separa e Ganha’, a iniciativa vai manter-se no próximo ano letivo .

 

As escolas que tenham interesse em antecipar o envio da sua candidatura, podem preencher o formulário de adesão para garantir o seu lugar. Toda a informação encontra-se já disponível em www.amarsul.pt

 

Este projeto, foi cofinanciado pelo POSEUR – Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos, visa aumentar e otimizar as quantidades de recicláveis separados na origem.

Ecopraias | Praias fluviais 31 de julho de 2020

A Península de Setúbal é sobejamente conhecida pela qualidade e beleza natural das suas praias, sendo rica em praias marítimas e também fluviais.

 

Pelo que a Campanha Eco Praias chega em agosto, já este fim de semana, a quatro praias fluviais: Alburrica, Gaio-Rosário, Moinhos e Samouco.

 

Este programa de sensibilização, decorre no âmbito de uma parceria entre as Câmaras Municipais de Alcochete, Barreiro e Moita  e a Amarsul  e é dirigida à população em geral. A iniciativa será dinamizada pela Amarsul e realizar-se-á na entrada de cada praia visada, com particular incidência junto aos contentores dos recicláveis, para promover a sua utilização.

A importância de reciclar à beira mar, também se aplica à beira rio, sendo estas quatro praias servidas por equipamentos que permitem à população entregar as suas embalagens, desviando resíduos de aterro e dos rios.

 

Serão realizadas ações de sensibilização na entrada de cada praia - respeitando as regras de distanciamento social - das 9h às 13h nos seguintes dias:

  • Município do Barreiro: 2 e 22  de agosto, na Praia de Alburrica.
  • Município da Moita: 9 e 23  de agosto, na Praia do Gaio Rosário.
  • Município de Alcochete: 16  de agosto – Praia dos Moinhos e 29  de agosto - Praia do Samouco

 

A Campanha marcará presença num total de 41 praias da região, em que os monitores vão continuar a distribuir sacos para colocação de resíduos, alertar os banhistas para a importância da reciclagem e indicar os locais onde estão instalados os ecopontos para que possam depositar os resíduos corretamente à saída de cada praia.

 

A Amarsul disponibiliza na sua página, as medidas de segurança que devem ser tidas em consideração  quando nos deslocamos à praia: https://www.amarsul.pt/media/noticias/desfrute-do-sol-em-seguranca/. Ao seguir estas medidas, a população estará a promover uma ida à praia, em segurança e de forma sustentável.

 

Mantenha o distanciamento social em primeiro lugar e não se esqueça de reciclar sempre e em todo o lado, seja à Beira Mar, seja à Beira Rio.

 

 

Projeto piloto em Alcochete 29 de julho de 2020

A Amarsul está fortemente empenhada, em conjunto com os Municípios, em garantir uma prestação de serviço de excelência, pelo que, informamos que se encontra a decorrer  um  projeto piloto, no Município de Alcochete, que consiste na substituição das tampas de ambos os contentores de 1.100 litros que disponibilizámos aos munícipes - amarelos e azuis - por outras com aberturas maiores para facilitar a deposição dos resíduos recicláveis.

 

A Amarsul esteve no Largo Barão de Samora Correia, juntamente com o Município de Alcochete, a acompanhar os trabalhos de substituição das tampas dos contentores que compõem as ilhas ecológicas existentes neste Concelho.

 

A informação desta alteração às famílias teve lugar em julho, com a distribuição duma informação no correio de toda a população do Concelho. Esta alteração permitirá avaliar se é possível facilitar o trabalho de quem separa os resíduos para reciclar, sem levar à deposição indevida de resíduos indiferenciados nos contentores destinados apenas aos recicláveis. Os resultados deste projeto piloto permitirão tomar decisões que serão extensíveis a todos os municípios onde a Amarsul colocou esta nova tipologia de contentores, ou seja, Barreiro, Moita, Palmela, Sesimbra e na zona nascente do município do Montijo.

 

                                          

 

Quanto à deposição de objetos de grandes dimensões como colchões, móveis, sofás e afins, bem como ramagens de árvores, restos de jardim e resíduos recicláveis relembramos que deverá ser efetuada nos Ecocentros que a Amarsul tem à disposição da população. Em Alcochete, o Ecocentro encontra-se localizado no Caminho Municipal 1004, na proximidade da Zona Industrial do Batel.  A receção deste tipo de materiais, é gratuita e encontra-se disponível para a população visitar de 2ª a 6ª das 9h às 18h e sábado das 9h às 12h30, encerrando aos domingos e feriados.

 

Com esta melhoria, estaremos juntos, a contribuir para separar tudo sempre e em todo o lado, com um projeto que contou com o apoio e cofinanciamento  do POSEUR – Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos, que visa aumentar e otimizar as quantidades de recicláveis separados na origem.

Ecoeventos | TOP 3 23 de julho de 2020

A Amarsul apresenta o Top 3 dos Ecoeventos realizados na Península de Setúbal, que lideraram a reciclagem na região em 2019.

 

O Sol da Caparica – festival organizado pela Câmara Municipal de Almada, o 25º Super Bock Super Rock organizado em parceria com a Câmara Municipal de Sesimbra e promovido pela Música no Coração e as Festas em Honra de Nossa Senhora da Boa Viagem, dinamizada pelo Município da Moita, foram os eco eventos que se destacaram pela quantidade de resíduos encaminhados pela reciclagem, mas também porque demonstraram o seu compromisso de responsabilidade ambiental.

 

Durante o Sol da Caparica foram recolhidas seletivamente 10 toneladas de recicláveis, tendo alcançado o primeiro lugar do ranking, seguido pelo 25º Super Bock Super Rock que contabilizou 8 toneladas de resíduos e em terceiro lugar pelas Festas Em Honra de Nossa Senhora da Boa Viagem, que reuniram 4 toneladas de resíduos recicláveis.

 

O EcoEvento é uma iniciativa da Amarsul, que desafia os municípios e os seus eventos a assumirem um compromisso de sustentabilidade e de redução do impacte ambiental. Em 2019, permitiu encaminhar para reciclagem um total de 28 toneladas de resíduos recicláveis. Os eventos aderentes, receberam equipas especializadas de sensibilização e educação ambiental com vista ao aumento da reciclagem e apoio na gestão adequada dos resíduos, sendo recompensados no final com uma contrapartida financeira de acordo com a quantidade de resíduos recolhidos seletivamente no período da realização do evento.

 

ranking

 

Este projeto, foi cofinanciado pelo POSEUR – Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos, visa aumentar e otimizar as quantidades de recicláveis separados na origem.


Podem acompanhar as redes sociais da Amarsul: Facebook, Linkedin e Instagram, para ficarem a par de todas as novidades.

DESFRUTE DO SOL EM SEGURANÇA 13 de julho de 2020

Dada a evolução dos casos de COVID-19, a Amarsul alerta para as medidas de higiene e segurança a ter com consideração em tempo de pandemia, de forma a assegurar boas práticas na utilização das praias.

 

No caminho até à praia:
• A Amarsul recomenda a todos os utilizadores das praias da Península de Setúbal que consultem o nível de ocupação das praias, através da aplicação “InfoPraia” antes de se dirigirem às mesmas, dando preferências às que se encontram assinaladas a verde - com ocupação baixa, bem como as que são vigiadas e com controlo de qualidade.
• Consultar as placas informativas existentes em todas as Ecopraias, sobre as medidas de prevenção e as normas.
• Utilizar calçado e seguir as orientações/sinalizações existentes, mantendo sempre uma distância de 1,5 metros dos outros utilizadores.

 

Na praia:
• Preservar a distância de segurança de 1,5 metros dos outros utilizadores, na praia, à beira-mar e no banho.
• Colocar o guarda-sol a uma distância de 3,0 metros de outros utilizadores.
• O uso de máscara nos acessos e espaços fechados deve continuar a ser assegurado com outras medidas de proteção pessoal, tais como: higienizar as mãos, manter distância de pessoas com sintomas COVID 19 e praticar a etiqueta respiratória (ao tossir ou espirrar, cobrir a boca e o nariz com o cotovelo flexionado ou com um lenço – em seguida, jogar fora o lenço e higienizar as mãos).

 

No final do dia de praia, devem deixar a praia limpa. Como?
1. Máscaras, luvas e lenços não são recicláveis, devem ser SEMPRE colocados no lixo comum. Estes materiais estão a aparecer, em grandes quantidades, nos ecopontos, indo parar às linhas de triagem. Para além de não serem recicláveis, podem estar contaminados,
2. Lixo contaminado não é reciclável, deverá ser SEMPRE colocado no lixo comum. Esta regra aplica-se a todas as pessoas infetadas com COVID-19 ou que se encontrem em quarentena pela mesma suspeita. Qualquer pessoa nestas condições, deverá ter o seu lixo colocado em dois sacos, um dentro do outro, bem fechados. Estes sacos não devem estar cheios nem compactados, apenas têm de estar bem fechados e ser depositados dentro do contentor de lixo comum.
3. NUNCA deixar sacos de lixo no chão, colocar SEMPRE dentro do contentor. Se o contentor estiver cheio, deve ser utilizado quando estiver disponível ou utilizar-se o contentor mais próximo.
4. Proteger sempre as mãos e lavá-las após as visitas ao ecoponto, pelo menos, 20 segundos.
5. Embalagens Take Away se estiverem limpas coloquem no contentor amarelo se forem de plástico (ex: embalagens de hambúrgueres) ou contentor azul se forem de papel/cartão (ex. caixa de pizza).
6. Resíduos ou Beatas, deverão ser acondicionados e colocados SEMPRE nos respetivos contentores.

 

Ao seguirem estas medidas todos os utilizadores estarão a promover uma ida à praia, em segurança e de forma sustentável.

 

Mantenha o distanciamento social em primeiro lugar não se esqueça de Reciclar à Beira Mar!

INFO | Amarsul Eco Praias 4 de julho de 2020

A campanha ECOPRAIAS com o lema ”Vamos Reciclar à Beira-Mar”, promovida pela Amarsul, regressa em 2020 com a implementação de uma campanha a realizar em diversas praias, que terá como público alvo os cidadãos que visitam as praias da região da Península de Setúbal, bem como os concessionários que exploram as praias, encorajando o uso sustentável dos estabelecimentos comerciais na adoção de boas práticas de separação de resíduos, potenciando a utilização de equipamentos já existentes.

 

O aumento de população na época balnear (nos meses compreendidos entre junho e setembro), nas praias da área de abrangência da Amarsul, tem um impacto relevante na produção de resíduos e, por isso, uma importante responsabilidade no cumprimento dos objetivos nacionais em matéria de promoção da economia circular e de valorização do território.

 

A Campanha “Amarsul Eco Praias” em parceria com os Municípios de Almada, Sesimbra e Setúbal irá disponibilizar uma rede de ecopontos e de ações de sensibilização que vão alertar a população que visita a região, a manter o distanciamento social e a reciclar à beira mar, encaminhando os seus resíduos para os contentores certos, desviando assim resíduos dos oceanos e dos aterros.  A campanha de sensibilização ambiental será implementada em 37 praias e durante a época balnear serão disponibilizados serviços, equipamentos e sacos.

 

As  ações de sensibilização serão realizadas na entrada de cada praia - respeitando as regras de distanciamento social - entre 4 de julho e 30 de agosto, das 10h às 12h e das 15h às 17h (sábados e domingos), distribuídas da seguinte forma:

 

ALMADA - 32 PRAIAS:  Albatroz | Lorosae | Leblon | Bicho d’Agua | Sunset | Kontiki | Pé Nu Golfinho |Praia do CDS/Dr. Bernard | Praia do Tarquínio – Paraíso| Praia do Dragão Vermelho |Praia Nova / Espaço 20|Mata | Grão de Areia + Riviera | Casa do Sol + Rainha | Castelo (Manduca + Yamba) | Cabana do Pescador (Delmare + Meio Metro) | Princesa | Rei (Hula Hula) | Morena (Borda d’Agua) | Sereia (Waikiki) | Infante (Tartaruga) | Bela Vista (casa da Praia) | Terminus |Americano (Move On) | Aroeira (Beach Bar)  |Cabana Beach | Rampa | Kailua | Oh, Ti João – 1 | Areias da Telha| Bambu

 

SESIMBRA - 2 PRAIAS : Califórnia | Ouro

SETÚBAL - 3 PRAIAS: Albarquel | Figueirinha | Creiro

 

 

Com este projeto pretendemos continuar a aumentar a quantidade de embalagens enviadas para reciclagem, assim como a oferta de pontos de recolha seletiva nas praias, alavancando o ato cívico de separação de resíduos de embalagem por parte da população em geral reforçando assim a adoção de práticas mais sustentáveis, sob o lema “Vamos reciclar à beira-mar”. 

 

Reciclagem aumentou 36% 30 de junho de 2020

Neste 1º semestre de 2020, registou-se um crescimento de 36% no encaminhamento de resíduos para reciclagem. Mesmo em período de pandemia, a Amarsul garantiu os serviços mínimos da sua atividade, tendo cumprido a sua missão de valorização dos resíduos nos municípios de Alcochete, Almada, Barreiro, Moita, Montijo, Palmela, Seixal, Sesimbra e Setúbal.

 

O Plano Estratégico para os Resíduos Urbanos (PERSU 2020) estabelece metas nacionais para a recolha seletiva de resíduos, sendo a da Amarsul de 45kg/habitante/ano. É esta a quantidade de resíduos que cada cidadão deverá separar e encaminhar para o contentor correto, sejam  embalagens de plástico/metal, de papel/cartão ou vidro. São metas desafiantes, mas até maio de 2020, já tinham sido recolhidos pela Amarsul resíduos recicláveis equivalentes a  52kg/habitante/ano.

 

Este aumento significativo da Recolha Seletiva em todos os Municípios da área da abrangência da Amarsul, é o resultado do investimento que a Amarsul desenvolveu na recolha seletiva multimaterial de resíduos de embalagens nestes últimos anos em viaturas, ecopontos, contentores e em campanhas de sensibilização ambiental, aproximando os equipamentos da população, para incentivar a reciclagem na região.

 

Servindo mais de 780 mil habitantes, contribuímos positivamente para a valorização de resíduos, com um aumento de 4 mil toneladas de resíduos recicláveis recolhidas, das quais 47% de plástico e metal, 43% de papel e cartão e 17% de vidro. O aumento da recolha seletiva foi transversal a todos os municípios, tendo apresentado melhores resultados na recolha de embalagens de plástico e metal, assim como nas embalagens de papel e cartão.

 

Estes indicadores revelam uma maior consciencialização ambiental  para a importância da reciclagem das famílias, mas também nos locais de trabalho, o que se manifesta numa correta deposição de resíduos e utilização de ecopontos, que darão origem à triagem e encaminhamento para reciclagem, ganhando um novo ciclo de vida.

 

Com o regresso à normalidade, as equipas da Amarsul continuam a desenvolver ações de limpeza e higienização de contentores com recurso a um produto desinfetante apropriado, que está a ser aplicado em todos os equipamentos alvo de desinfeção. Outra aposta da Amarsul tem sido no reforço da formação da higiene e segurança dos seus trabalhadores.

 

A  Amarsul terminou  2019 com  uma capitação anual de 39 kg de resíduos de embalagens separados por habitante e com o dobro dos pontos de recolha de resíduos recicláveis. Em 2020, com o reforço da cobertura de pontos de recolha efetuada, e mesmo em período de pandemia a Amarsul espera continuar a crescer em todos os Municípios da região, com o apoio da população, para conjuntamente continuarmos a superar as metas nacionais.

INFO | Reabertura 7 Ecocentros 12 de junho de 2020

No âmbito das recomendações da APA e da ERSAR relativamente às medidas de contingência na gestão de resíduos, a Amarsul informa que irá proceder à reabertura dos 7 Ecocentros localizados nos Municípios de Almada, Alcochete, Barreiro, Moita, Montijo, Seixal e Sesimbra, no próximo dia 15 de junho de 2020.

 

Os resíduos podem ser novamente entregues nos Ecocentros, nomeadamente monos, verdes e recicláveis, nos locais habituais.

 

Estas instalações funcionam dentro do seguinte horário: 2ª a 6ª das 9h às 18h, sábado das 9h às 12h30 e encerram aos domingos e feriados.

 

A Amarsul encontra-se disponível para prestar eventuais esclarecimentos à população através dos números: 212139600 ou 800205674 ou por email: geral@amarsul.pt.

 

Os trabalhadores da Amarsul e dos Municípios da Península de Setúbal continuam diariamente a contribuir para a higiene urbana , através da recolha seletiva, efetuando o tratamento dos nossos resíduos. A população também pode ajudar, continuando a separar corretamente os seus resíduos e seguindo as indicações da Direção Geral de Saúde, em especial não colocando resíduos fora dos contentores.

Chegou o Recycle BinGo 2! 05 JUNHO 2020

Este Dia Mundial do Ambiente promete ser muito divertido com o retorno do teu jogo favorito. 

Chegou o Recycle BinGo 2!

 

Depois do sucesso da primeira versão do jogo mais amigo do planeta, eis que surge a versão 2.0, melhorada e com mais funcionalidades.

 

Nesta nova versão, vais poder aprender na Ecopédia, uma enciclopédia ecológica que te vai ensinar tudo sobre a reciclagem; conhecer a família Recycle BinGo, cheia de novos bichinhos que se vão tornar teus amigos, jogar mini-jogos para te entreteres e maravilhar-te com as novas funcionalidades da app em realidade aumentada.

 

O Recycle BinGo funciona como um jogo, o que torna a experiência de reciclagem muito mais divertida e compensadora! A missão principal é fazer visita ao nosso ecoponto habitual. Através da geolocalização o nosso smartphone sabe que nos encontramos perto dele.

 

Ao fazermos check-in desbloqueamos um conjunto de simpáticos bichinhos, os EcoGifts, com os quais vamos preenchendo os nossos cartões BinGo. Cada vez que completamos um cartão ganhamos EcoMoedas - que podemos trocar por prémios fantásticos, como bilhetes de cinema, vales de desconto, e muito mais.

 

               

O que é?

        

Recycle BinGo é uma aplicação móvel da EGF que teve a primeira versão financiada pelo Fundo Ambiental do Ministério do Ambiente, cujo objetivo é divertir e educar as famílias portuguesas em torno da temática da Reciclagem, oferecendo prémios a quem mais recicla.

 

O Recycle BinGo 2 está acessível em todas as áreas concessionadas do Grupo EGF e está disponível na AppStore e GooglePlay.

     
Não vais querer perder esta aventura.

 

Contamos contigo, salta para BinGo e ajuda-nos a espalhar o bichinho da reciclagem!

               

Sabe tudo sobre o este jogo super sustentável em Recycle BinGo e no Facebook.

 

 

 

 

 

ECOVALOR | Sensibilização online 13 de maio de 2020

O programa Ecovalor tem como objetivo promover boas práticas ambientais em estabelecimentos de ensino em todo o país, premiando aquelas que apresentam melhor desempenho na reciclagem das suas embalagens usadas.

 

Com a suspensão das atividades presenciais nas escolas, muitas das ações agendadas foram desmarcadas, mas continuamos ONLINE, porque o Ecovalor agora também é digital!

 

Conheça a iniciativa, totalmente online, para todos os níveis de ensino e instituições em: https://bit.ly/egf_ecovalor

Donativos a Bombeiros 24 de abril de 2020

A Amarsul, através da Federação de Bombeiros do Distrito de Setúbal, entregou para as Associações Humanitárias de Bombeiros do Distrito de Setúbal, equipamentos de proteção individual e material de desinfeção.

 

A Amarsul, neste período de pandemia de Covid-19 e no âmbito da sua política de responsabilidade social, tem vindo a desenvolver diversas ações de prevenção junto dos Municípios e da população, assim como junto dos seus trabalhadores.

 

Neste sentido, serão distribuídos pelas 24 Associações Humanitárias de Bombeiros do Distrito de Setúbal  equipamentos de proteção individual e material de desinfeção, tendo sido entregues 117 fatos de proteção, 4800 luvas e 24 embalagens de 5 litros de desinfetante .

 

Perante a evolução da infeção por COVID-19 em Portugal, tem sido exigido à sociedade em diversas variantes uma reação rápida, de responsabilidade e de prevenção para proteção da população, em particular às entidades que tem como missão garantir o tratamento de resíduos ou prestar socorro.

 

Os Profissionais dos Resíduos e os Bombeiros estreitam assim as suas relações, neste momento difícil, em que ambos estamos na linha da frente e temos como um objetivo comum PREVENIR COVID-19, junto das populações pela nossa proximidade e capacidade de resposta.

 

 

Mobilização 16 de abril de 2020

Face à evolução da COVID-19 em Portugal, a Amarsul encontra-se a cumprir as Orientações e Recomendações da APA e da ERSAR para a gestão de resíduos, em parceira com os Municípios da Península de Setúbal.

 

No âmbito desta operação contínua de combate à pandemia, para proteção da população, assim como das equipas da Amarsul e dos Municípios, têm sido intensificadas as ações de higienização e desinfeção dos contentores em todos os municípios, com particular atenção nas zonas em que as tampas são manuseadas.  

 

A Amarsul tem desinfetado cerca de 60 pontos de recolha por dia e por cada equipa que está na linha da frente a prestar este serviço essencial, não só em ecopontos, mas também em contentores de resíduos indiferenciados. A Amarsul também tem cooperado com os Municípios no fornecimento do produto desinfetante, que tem sido utilizado nas ações de limpeza municipais de todos os contentores de deposição de resíduos, contribuindo para que o número global de pontos higienizados seja bastante superior.

 

A higienização dos contentores encontra-se a ser efetuada com recurso a um produto desinfetante apropriado, que está a ser aplicado em todos os equipamentos alvo de desinfeção.

 

As equipas da Amarsul efetuaram no mês de março, após ter sido decretado o estado de emergência, mais de 1400 ações de limpeza, realizadas numa primeira fase nas seguintes localizações, mas que serão gradualmente aplicadas a todos os ecopontos e concelhos da sua área de intervenção.

 

Município

Localizações (ecopontos e indiferenciados)

Alcochete

Samouco, São Francisco, Barroca D'Alva

182

Almada

Feijó, Laranjeiro, Cova da Piedade

617

Barreiro

Santo António da Charneca

90

Montijo

Bairro Esteval, Bairro de Areias e Afonsoeiro

104

Palmela

Pinhal Novo, Quinta do Anjo, Cabanas, Bairro Alentejano e Bairro Marinheiro

327

Setúbal

Viso, Nossa Senhora da Ajuda, Santa Maria da Graça

132

 

A Amarsul encontra-se fortemente empenhada, em conjunto com os Municípios, em contribuir para preservar a saúde pública e garantir o funcionamento de serviços essenciais à nossa região e ao País.

5 REGRAS DO LIXO 1 de Abril de 2020

Face à evolução da infeção por COVID-19 em Portugal, a Amarsul alerta para cinco regras do lixo essenciais a ter com o lixo doméstico produzido em casa e que precisa de uma atenção especial em fase de pandemia.

 

Este alerta decorre da necessidade urgente de melhoria de comportamentos individuais que influenciam o serviço de recolha e tratamento de resíduos urbanos, assegurado todos os dias por empresas e municípios.

 

Os trabalhadores do setor da recolha e tratamento de resíduos continuam todos os dias a contribuir para a limpeza das nossas ruas, através da recolha seletiva, e a garantir o tratamento dos nossos resíduos. A melhor forma de lhes agradecer é partilhar e cumprir estas regras e ser compreensivo para com as adaptações à recolha que os municípios e a Amarsul poderão ter de fazer.

 

5 REGRAS DO LIXO

 

  1. Máscaras, luvas e lenços não são recicláveis, devem ser SEMPRE colocados no lixo comum. Estes materiais estão a aparecer, em grandes quantidades, nos ecopontos, indo parar às linhas de triagem. Para além de não serem recicláveis, podem estar contaminados
  2. Lixo contaminado não é reciclável, deverá ser SEMPRE colocado no lixo comum. Esta regra aplica-se a todas as pessoas infetadas com COVID-19 ou que se encontrem em quarentena pela mesma suspeita. Qualquer pessoa nestas condições, deverá ter o seu lixo colocado em dois sacos, um dentro do outro, bem fechados. Estes sacos não devem estar cheios nem compactados, apenas têm de estar bem fechados e ser depositados dentro do contentor de lixo comum.
  3. NUNCA deixar sacos de lixo no chão, colocar SEMPRE dentro do contentor. Se o contentor estiver cheio, deve ser utilizado quando estiver disponível ou utilizar-se o contentor mais próximo. Se a recolha habitual for feita com sacos, devem ser seguidas as instruções do município ou freguesia.
  4. 4. Não colocar monos/monstros para recolha em fase de pandemia. Em fase de pandemia este serviço não é prioritário, as empresas e os municípios estão a fazer um esforço considerável para manter o serviço público essencial à população. Mesmo que faça arrumações em casa, deve aguardar pelo fim desta fase e apenas colocar estes materiais (colchões, sofás e outros materiais que não cabem nos contentores) quando o serviço estiver disponível.
  5. Ficar em casa e manter a higiene. Ficar em casa, manter a higienização dos caixotes/zonas do lixo, proteger sempre as mãos e lavá-las após estas operações durante, pelo menos, 20 segundos. Com estas atitudes consegue-se prevenir a infeção, protegendo inclusive os trabalhadores que asseguram o serviço de recolha e tratamento de resíduos todos os dias.

 

 

HIGIENIZAÇÃO E DESINFEÇÃO 26 de março de 2020

A Amarsul, seguindo as Orientações e Recomendações da APA e da ERSAR para a gestão de resíduos em situação de pandemia COVID-19 e de forma a dar cumprimento às mesmas, desenvolveu parceiras com os 9 Municípios   da Península de Setúbal no combate à propagação do coronavírus, no domínio da higienização e desinfeção dos contentores.

 

Foram constituídas equipas de higienização em conjunto com todos os Municípios, sendo realizada a desinfeção de todos os contentores (recicláveis e lixo comum). Desta forma, é otimizada a utilização dos recursos humanos envolvidos. A higienização dos contentores encontra-se a ser efetuada, com recurso a um produto desinfetante apropriado que será aplicado gradualmente a todos os ecopontos da área de intervenção da Amarsul.

 

Informamos que a recolha de resíduos recicláveis ​​provenientes dos ecopontos continua a ser assegurada pelas equipas de recolha seletiva, com precauções adicionais com vista à proteção da saúde dos trabalhadores e da população.

 

Não é demais voltar a apelar para que não sejam colocados resíduos fora dos contentores.

 

A Amarsul encontra-se fortemente empenhada, em conjunto com os Municípios, em contribuir para preservar a saúde pública e garantir o funcionamento de serviços essenciais à nossa região e ao País.

Cuidados | Lixo doméstico 25 de março 2020

Em caso de infeção (ou suspeita), considere que os seus resíduos estão contaminados... coloque no lixo comum.

 

Ajude-nos a chegar mais longe. Partilhe esta informação.🤗

 

https://www.facebook.com/egfpt/videos/

 

INFORMAÇÃO | ECOCENTROS 24 de março de 2020

No âmbito do Plano de Contingência implementado pela Amarsul e no seguimento das recomendações da Agência Portuguesa do Ambiente e da ERSAR relativamente à gestão de resíduos, a Amarsul informa que durante o combate à pandemia COVID e por tempo indeterminado procedeu ao encerramento dos 7 Ecocentros localizados nos Municípios de Almada, Alcochete, Barreiro, Moita, Montijo, Seixal e Sesimbra.

 

Os resíduos que seriam habitualmente entregues nos Ecocentros, como os monos, verdes e recicláveis, podem agora ser rececionados nos Ecoparques de Palmela e Seixal.

 

Estas instalações funcionam dentro do seguinte horário: 2ª a 5ª das 9h - 12h - 13h - 18h, 6ª das 9h - 12h -13h - 17h e encerra aos sábados, domingos e feriados.

 

A Amarsul encontra-se disponível, para prestar eventuais esclarecimentos à população através dos números 212139600 ou 800205674 ou por email geral@amarsul.pt.

 

Os trabalhadores da Amarsul continuam todos os dias a contribuir para a limpeza das nossas ruas, através da recolha seletiva, e a garantir o tratamento dos nossos resíduos. A melhor forma de lhes agradecer é partilhar e cumprir estas regras e ser compreensivo para com as adaptações à recolha que o seu Município e a Amarsul   poderão ter de fazer.

Cuidados na deposição de resíduos 18 de março de 2020

Durante o combate à pandemia, a Amarsul solicita à população que todos cumpram novas regras no manuseamento do lixo doméstico:


1. Se tiver, na sua família pessoas infetadas (ou com essa suspeita) lembre-se que os seus resíduos também podem estar infetados. Nesse caso deverá:

a) Colocar os resíduos em sacos de lixo resistentes e descartáveis, com enchimento até 2/3 (dois terços) da sua capacidade – não encher totalmente os sacos.

b) Os sacos devidamente fechados devem ser colocados dentro de um segundo saco, devidamente fechado, e este deve ser depositado no contentor de lixo comum (resíduos indiferenciados).

c) Os sacos devem ser sempre colocados dentro do contentor – não deixe o saco no chão. Se estiver cheio, coloque no contentor mais próximo ou utilize quando estiver disponível.


2. Para além disso, as máscaras, luvas e lenços devem ser sempre colocados no contentor do lixo comum.


Os trabalhadores da Amarsul continuam todos os dias a contribuir para a limpeza das nossas ruas, através da recolha seletiva, e a garantir o tratamento dos nossos resíduos. A melhor forma de lhes agradecer é partilhar e cumprir estas regras e ser compreensivo para com as adaptações à recolha que o seu município e a Amarsul poderão ter de fazer.

Separe, Nós recolhemos! 17 de março de 2020

Na Amarsul CONTINUAMOS A RECOLHER diariamente os resíduos recicláveis para manter a Península de Setúbal limpa!

 

Continue a reciclar, que nós recolhemos.


Participe e colabore com todos aqueles que trabalham diariamente na recolha dos resíduos recicláveis.

 

Com a ajuda de todos, acondicionando bem os resíduos, separando corretamente e não colocando resíduos que tenham sido alvo de contaminação, estamos a cuidar da saúde de todos nós!

 

Seja consciente, Proteja-se a si e aos outros!

 

Para mais informações ligue 212 139 600 | 800 205 674 ou envie um email para geral@amarsul.pt

 

A Amarsul agradece a compreensão e o esforço de todos, que têm permitido assegurar uma prestação

 

de serviço público de excelência e essencial neste momento difícil!

 

 

ATENDIMENTO PRESENCIAL 16 de março de 2020

ATENDIMENTO PRESENCIAL | COVID 19

 

Portugal e os mercados internacionais vivem um momento conturbado fruto do surto COVID-19 cuja evolução tem sido reavaliada diariamente e cujo impacto nas atividades económicas é incerto.

 

No âmbito do plano de contingência em vigor na Amarsul, seguindo as recomendações da Direção Geral de Saúde, informamos que iremos reduzir a atividade presencial nas áreas administrativas e técnicas.

 

Garantir a valorização de resíduos da forma mais sustentável nas suas diversas áreas de atuação, é missão da Amarsul!

 

Pelo que iremos por tempo indeterminado, manter a prestação de serviço público essencial, através do telefone 212139600 ou do email geral@amarsul.pt

 

Agradecemos a colaboração de todos. 

 

Proteja-se a si e aos outros !

Ações de Formação | SST 2 de março 2020

No âmbito das medidas de Saúde e Segurança no Trabalho adotadas pela Amarsul, a empresa encontra-se a promover a realização de ações de sensibilização, que têm lugar nas instalações dos Ecoparques de Palmela e Seixal, em contexto real. Recentemente foi dinamizada uma sessão de formação dedicada ao tema “Movimentação Manual de Cargas” direcionada a todos os colaboradores com atividade na Recolha Seletiva, que visa minimizar os riscos de lesões músculo-esqueléticas dos colaboradores desta área e criar um espírito de atuação preventiva em relação ao risco.

 

Na Amarsul Reciclamos Tudo, Sempre e em Todo o Lado e em SEGURANÇA!

 

RECICLAGEM AUMENTOU 19% 21 de fevereiro de 2020

A Amarsul, empresa responsável pela valorização dos resíduos urbanos de 9 municípios da Península de Setúbal, apresentou em 2019 um crescimento notável de 19% no encaminhamento de resíduos para reciclagem, resultante do investimento realizado nos municípios de Alcochete, Almada, Barreiro, Moita, Montijo, Palmela, Seixal, Sesimbra e Setúbal.

 

O plano de investimentos da Amarsul com mais de 20 milhões de euros, tem como objetivo a melhoria da prestação de serviço público de gestão de resíduos da Península de Setúbal, destacando-se o investimento na recolha seletiva de 10 milhões de euros.

 

A população da região, com mais de 780 mil habitantes, contribuiu positivamente para o aumento da recolha de 33 mil toneladas de resíduos recicláveis das quais 45% foram de papel e cartão, 30% de vidro e 25% de plástico e metal. O aumento da recolha seletiva foi transversal a todos os materiais, embora tenha apresentado melhores resultados nas embalagens de papel e cartão, que registaram um crescimento superior (mais 25% que no ano anterior).

 

Estes indicadores revelam uma maior consciencialização ambiental da população da região. São também, o resultado do investimento que a Amarsul desenvolveu na recolha seletiva multimaterial de resíduos de embalagens nestes últimos anos em viaturas, ecopontos e contentores para a recolha seletiva porta-a-porta, assim como em campanhas de sensibilização ambiental de incentivo à reciclagem, desenvolvidos em parceria com os Municípios.

 

A  Amarsul terminou  2019 com  uma capitação anual de 39 kg de resíduos de embalagens separados por habitante e com o dobro dos pontos de recolha de resíduos recicláveis. Em 2020, com o reforço da cobertura de pontos de recolha efetuada, a Amarsul espera crescer em todos os Municípios da região, para conjuntamente alcançarmos a meta de 45 kg por habitante.

 

O plano de investimentos, cofinanciado pelo POSEUR – Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos, visa aumentar e otimizar as quantidades de recicláveis separados na origem.

 

Com a correta separação de recicláveis, menos resíduos serão encaminhados para aterro, e todos beneficiamos: serão menos as toneladas de resíduos sujeitas à taxa de deposição em aterro, paga pelos Municípios, e serão mais as quantidades recolhidas seletivamente pela Amarsul.

 

Recycle BinGo faz 2 anos 19 de fevereiro de 2020

O Recycle BinGo comemora hoje 2 anos! Mais de 30 mil amigos do planeta já apanharam o bichinho da reciclagem. 

 

Esta aplicação já tinha sido galardoada em 2018 pelos Prémios Meios & Publicidade (OURO) e recebeu o prémio prata em duas categorias - APPs Mobile e Jogos Mobile - e ainda bronze em User Design Experience (UX), prémios do XX Festival Anual de Publicidade, organizado pelo Clube de Criativos de Portugal.

      

Com esta APP, ir ao ecoponto é uma animação e acreditamos que o Recycle BinGo nos vai continuar a ajudar a todos a cumprir os objetivos nacionais em matéria de reciclagem.

 

Obrigada a todos pelo apoio e por nos ajudarem a reciclar mais e melhor.

Toneladas de Ajuda 24 de Setembro 2019

Amarsul lança nova Campanha no âmbito da responsabilidade social designada “TONELADAS DE AJUDA”.

 

Dirigida em especial a todas as IPSS localizadas na área de intervenção da Amarsul, esta nova Campanha consiste em valorizar todos os resíduos recicláveis que aquelas instituições queiram entregar na Amarsul, nomeadamente, embalagens plásticas e metálicas, papel e cartão e embalagens de vidro.

 

As quantidades de resíduos recicláveis serão acumuladas durante um ano e o valor recebido por cada IPSS, no final desse período, poderá ser utilizado em qualquer projeto da própria IPSS. Também serão aceites entregas feitas por outras entidades, desde que sejam feitas em nome de uma IPSS e, previamente, comunicadas por esta.

 

As entregas de recicláveis deverão ser efetuadas diretamente nas instalações da Amarsul, designadamente, nos Ecoparques do Seixal e Setúbal e Eco-Transferência de Sesimbra.  Será aberta uma ficha de cliente, que funcionará como conta corrente por cada instituição de modo a quantificar o peso do material entregue. Em qualquer entrega será disponibilizado um talão de pesagem.

 

Esta Campanha irá estar a decorrer simultaneamente em todas as Concessionárias do Grupo EGF.

 

Estaremos assim, a contribuir ambiental e socialmente!

 

Para mais informações entre em contacto connosco através do email comunicacao@amarsul.pt